banner do Ventura Esotérico

Acompanhe o Ventura Esotérico nas Redes Sociais


facebook twitter
WhatsApp

Trabalhe Conosco

Consultora

Faça parte de nossa equipe de Consultores Esotéricos

Saiba como!


Esta carta rege o seu dia. Medite sobre sua mensagem!

Todo dia você terá aqui uma nova mensagem. Para outros detalhes, consulte nossos esotéricos.




Canal Ventura

Ritual do Amor Verdadeiro

Alex Quirom, consultor do Ventura Esotérico, ensina um belo ritual para todos que buscam um verdadeiro amor.


Assista aqui aos Programa anteriores




Carlos Castañeda – o verdadeiro guerreiro da luz

Carlos Castañda       Autor amplamente conhecido nos meios literários e esotéricos – várias pessoas já leram A Erva do Diabo e outros livros da extensa obra de Carlos Aranha Castañeda – este homem cuja vida pessoal foi tornada propositalmente um enigma.

       Dizem que nada é por acaso. Todos temos uma trajetória com um propósito, que pode vir a ser cumprido ou não. Colaboram para a sua realização os acontecimentos de nossas vidas, boas ou ruins. Não foi diferente com este brasileiro nascido no interior de São Paulo, por volta de 1935, filho de um rapaz de 17 anos e de uma moça de 15, nascido após um breve caso amoroso. Devido à diferença de condição social dos pais e da moral da época, nunca foi aceito oficialmente pela família do pai, que hoje sabemos ser um dos irmãos do político, ex-ministro e diplomata Oswaldo Aranha, que teve papel fundamental na vida brasileira nas décadas de 30 a 50. Não se conseguiu precisar o verdadeiro pai do autor, podendo ser o poeta modernista Luís Aranha. Este foi um fato marcante na vida de Castañeda, cuja mágoa carregaria por muito tempo. Após a morte da mãe aos seis anos, foi criado pelos avós maternos num sítio em Mairiporã, cidade rural da Grande São Paulo.

       Aos quinze anos foi mandado para uma escola na Argentina – a intervenção de seu tio foi decisiva para que pudesse estudar em uma boa escola, chamada Nicolas Avellaneda. Por causa de seu comportamento rebelde, Castañeda consegue que seja enviado para um lar adotivo em Los Angeles, em 1951. Depois de se formar na Hollywood High School e Artes em Milão voltou para os EUA e matriculou-se no curso de Psicologia Social da UCLA, escolha que seria alterada ao mudar o curso para Antropologia.

Carlos Castañeda       Seu encontro com Juan Matus, o Don Juan do livro A Erva do Diabo, se deu por causa de sua incursão na Antropologia. Tendo lido Timothy Leary e Weston La Barre a respeito de ervas alucinógenas, se interessou especialmente pelo peyote, indo parar em Sonora, no Arizona, a fim de coletar dados para uma dissertação de mestrado. Indicado por um colega de faculdade a Don Juan, apresentou-se a ele como um especialista em peyote, afirmando que seria interessante que ele lhe desse uma entrevista. Don Juan percebeu a mentira e a devolveu com um olhar que desconcertou Castañeda.

       O encontro entre Castañeda e Don Juan é relatado no livro A Erva do Diabo, em que o xamã utiliza as plantas de poder, isto é, plantas com substâncias alucinógenas, para induzir seu novo aprendiz a um estado alterado de consciência. Deve-se esclarecer que o autor jamais fez uma apologia das drogas. Em uma entrevista dada por ele à revista Psicology Today, as plantas foram utilizadas apenas no início deste processo, pois Don Juan percebeu que seria preciso fazer com que seu discípulo rompesse com seus padrões mentais limitados e racionais. Ao final deste processo, o autor ficou extremamente desgastado e demorou a se recuperar. Depois desta primeira fase, as plantas de poder não foram necessárias.

       O real objetivo era fazer com que o discípulo aprendesse a atingir estados alterados de consciência por sua própria vontade. Em outras fases de seu aprendizado, isto é, conseguido de outras maneiras. O último livro de Castañeda, Passes Mágicos, propõe uma série de exercícios que ajudariam neste sentido.

       A Erva do Diabo, além de relatar o encontro entre Castañeda e seu mestre, tem o objetivo de descrever como se estrutura o xamanismo tolteca, tradição espiritual a qual Juan Matus pertencia. Como o objetivo inicial de Castañeda era uma tese de Doutorado – ele oi professor universitário – a segunda parte do livro trata de aspectos mais acadêmicos.

Don Juan       Em seus outros livros, o autor vai descrevendo os ensinamentos recebidos em vários outros encontros com seu mestre, em que se aperfeiçoou no caminho espiritual, deixando de ser apenas um estudioso acadêmico. Don Juan também teve outros discípulos, com obras menos importantes sobre o assunto. Os ensinamentos têm o objetivo de uma expansão da consciência, ultrapassando os limites de nossos cinco sentidos e partindo para o que vários outros místicos buscaram – um contato com uma dimensão na qual superamos nossas limitações humanas – que Don Juan denomina como Nagual. Nesta realidade, atingida após uma grande dedicação do discípulo, entra-se em um estado mental considerado o “verdadeiro despertar” do ser humano, para o qual todos fomos criados, mas que muito poucos alcançam, em que se enxerga o mundo como ele realmente é e não como o julgamos. Por isto, o caminho espiritual é considerado extremamente solitário. O que você acha?

Myikhaella




Outras Matérias

Heresias Medievais

matéria 1Quando éramos crianças, há algum tempo atrás se aprendia nas aulas de História que a Idade Média era a Idade das Trevas, em que o desenvolvimento social, cultural e de organização social da Europa simplesmente “congelou-se no tempo”.

Leia mais...
Ficção Científica

matéria 3A principal intenção do gênero da ficção científica – tanto literário como cinematográfico – é discutir o impacto da ciência na vida do ser humano a partir do início da Revolução Industrial. Período histórico este iniciado no final do século XVIII.

Leia mais...
Sonhos e suas interpretações

matéria 5Um dos mais fascinantes e talvez o principal aspecto do inconsciente humano é o fenômeno dos sonhos, indispensável para o equilíbrio psíquico e físico de todos nós. Todos as pessoas sonham, mesmo que não se lembrem disto.

Leia mais...
Animais de poder

matéria 2Desde os tempos das cavernas que o ser humano se utiliza às forças instintivas como auxiliares para entrar em contato com seu lado espiritual. As antigas pinturas encontradas em cavernas na Europa e em outras partes do mundo.

Leia mais...
O Jogo de Búzios

matéria 4Para compreender os mecanismos de funcionamento do jogo de búzios e seus oráculos irmãos – o Ifá e o Opelé, precisamos entender como os africanos acreditam que se dê o destino dos seres humanos.

Leia mais...
São Jorge

matéria 6Um dos santos mais populares, padroeiro de várias nações como a Inglaterra e Portugal, Jorge da Capadócia não é mais considerado santo pela Igreja Católica, mas seu espírito heróico e guerreiro existe antes do Cristianismo.

Leia mais...
Formas de Pagamentos
logo da cef     logo do bb     logo do bradesco     logo do itaú     logo do visa     logo do mastercard     logo do amex     logo do dinners
Home * Consultas* Consultores* Matérias* Contato * Termos e Condições* Trabalhe Conosco
2013 - Ventura Esotérico - Todos os direitos reservados